BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

1º PRÊMIO RECEBIDO DO VEJABLOG - MELHORES BLOGS DO BRASIL

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil BLOG ESIOPOETA

SEGUIDORES

ACESSOS

contador de acesso

ROMARIA PIRAPORA 2013 - ESIOPOETA E AMIGOS

CLIQUE PARA LER O NOVO LIVRO DE SONETOS DE ESIOPOETA- CONTEMPLAÇÃO

COQUETEL DE LANÇAMENTO DO LIVRO DE SONETOS APRENDIZ DA PALAVRA DO POETA ESIO

RECEBA ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Entre com seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

7 de abril de 2010

CANÇÃO DE LUCAS E THAÍS - TEMPO DE COLHEITA



Canção de Lucas e Thaís

Pela ausência de Tirza Regina, falecida precocemente, em novembro de 2002, num acidente moto-ciclístico.


“Mamãe era tão bonita,
Sua beleza infinita
Hoje está junto de Deus;
E com forte intensidade
Uma palavra – Saudade! –
Soa após seu triste adeus...

“Mamãe era tão festiva,
Sua alegria cativa
Teve, porém, triste fim...
Ficamos sem esperanças,
Nossas almas, tão crianças,
Por que sofrem tanto assim?

“Mamãe, órfãos nós estamos,
– Ninho que caiu dos ramos
Despedaçou-se no chão.
Estamos tristes, sozinhos,
Distante de teus carinhos
Sofre nosso coração.

“Mamãezinha, se voltasses,
O riso nas nossas faces
Teria, sim, outro tom.
Nesta ausência que perdura
O silêncio é rocha dura,
E como dói o seu som.

“Ah, mamãezinha querida,
Ausente de nossa vida
O que será de nós dois?
No vento cheio de encanto
Buscamos ouvir teu canto,
Mas o vento diz – depois...

“Mamãe, partiste tão cedo...
E noss’alma de brinquedo
Quebrou-se como cristal...
O pranto nas faces desce
Se, fazemos nossa prece,
Ao teu amor maternal.

“Sem ti perdemos noss’asa...
Está triste a nossa casa
Também sofre nosso Pai.
Ele nos dá seu carinho,
Calado, sofre sozinho,
Do coração solta um ai.

“Mas mesmo sofrendo tanto,
N’alma trazemos o encanto
Num sonho cheio de luz.
E nosso céu entrevado
Logo se torna estrelado
Pelos teus olhos azuis...

“Eles serão, com certeza,
Dentro de nossa tristeza
De amor um faiscante sol.
Serão, sim, o nosso guia,
Rimas de nossa Poesia
Brilhando como farol.

“Se Deus quis tê-la ao seu lado,
Estava necessitado
Para de anjinhos cuidar.
Pois tendo tantos encantos
A eles terás ternos cantos
Em cantigas de ninar.

“Estamos, sim, com saudade,
Mas se por necessidade
Jesus roubou-te de nós,
Foi cedo a tua partida,
Mas cuide de nossa vida,
E ouça sempre nossa voz.

“Os nossos coraçõezinhos,
Sempre cheios de carinhos
Relembrarão com amor
De nossa Mãezinha linda,
Que mora na plaga infinda,
Num céu repleto de cor.

“Com a voz entristecida
Noss’alma triste e ferida
Por tão funda cicatriz,
Pede, Mãezinha, querida:
Olhe por nós nesta Vida.
Adeus”.
Lucas e Thaís.

18.11.2002


Esio Antonio Pezzato

Gostou? clica abaixo em COMENTÁRIOS e deixe seu recado!

0 COMENTE AQUI:

Minha Ana Maria e Sissi

Apresentação Poema "O Evangelho Segundo Judas Ish-Kiriot" Loja Maçônica Acácia Barbarense

ARQUIVO

PESQUISAR ESTE BLOG

..