BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

1º PRÊMIO RECEBIDO DO VEJABLOG - MELHORES BLOGS DO BRASIL

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil BLOG ESIOPOETA

SEGUIDORES

ACESSOS

contador de acesso

ROMARIA PIRAPORA 2013 - ESIOPOETA E AMIGOS

CLIQUE PARA LER O NOVO LIVRO DE SONETOS DE ESIOPOETA- CONTEMPLAÇÃO

COQUETEL DE LANÇAMENTO DO LIVRO DE SONETOS APRENDIZ DA PALAVRA DO POETA ESIO

RECEBA ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Entre com seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

7 de maio de 2013

Soneto Decassílabo



Proibição

Meu coração parece uma avenida
Onde o trânsito passa velozmente.
Passa também um mundaréu de gente
Na mais desenfreada e atroz corrida.

Ele, porém, de tudo é diferente:
Não tem uma só árvore florida,
Não tem jardins, parece não ter vida,
Nem pássaros trinando alegremente.

Mas sempre gente rápida, apressada,
Ansiando mundos e encontrando nada,
Sofrendo interminante falta d'ar.

Mas traz nos postes, velhas tabuletas:
Um E vermelho sob as tarjas pretas,
Mostrando ser proibido estacionar!
04.11.1999

Sonhos de imigrante

  
Depois de tanto tempo acostumado
Ao nosso amor insano, intempestivo,
E por saber-me dele tão cativo
Meu coração sentiu-se atroz e amuado.

Da longa letargia deste estado,
Eu me sabia para a vida – vivo.
E assim busquei achar algum motivo
Para ficar de novo apaixonado.

E tendo n'alma os sonhos de imigrante
Procurei encontrar um'outra amante
Que viesse matar tanta ansiedade.

E ao fim de tanta busca e tantos portos,
Todos os meus desejos eram mortos
E eu do passado – morto de saudade.

08.11.1999


0 COMENTE AQUI:

Minha Ana Maria e Sissi

Apresentação Poema "O Evangelho Segundo Judas Ish-Kiriot" Loja Maçônica Acácia Barbarense

ARQUIVO

PESQUISAR ESTE BLOG

..