BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

1º PRÊMIO RECEBIDO DO VEJABLOG - MELHORES BLOGS DO BRASIL

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil BLOG ESIOPOETA

SEGUIDORES

ACESSOS

contador de acesso

ROMARIA PIRAPORA 2013 - ESIOPOETA E AMIGOS

CLIQUE PARA LER O NOVO LIVRO DE SONETOS DE ESIOPOETA- CONTEMPLAÇÃO

COQUETEL DE LANÇAMENTO DO LIVRO DE SONETOS APRENDIZ DA PALAVRA DO POETA ESIO

RECEBA ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Entre com seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

27 de dezembro de 2009

PANTUNS - Pantum do silêncio



Pantum do silêncio

Quero, ao silêncio d'alta madrugada,
Contemplando o teu corpo enlanguescido,
Soltar meu verso em forma de balada
Após, do amor, batalhas ter vivido.

Contemplando o teu corpo enlanguescido
Na paz sonhada, na paixão imensa,
Após, do amor, batalhas ter vivido,
Soltar espasmos de ternura e crença.

Na paz sonhada, na paixão imensa,
Entorpecido, pelo ardor do vinho,
Soltar espasmos de ternura e crença
Ao te embalar em cantos de carinho.

Entorpecido, pelo ardor do vinho
Teu corpo lembra um copo de licores
Ao te ambalar em cantos de carinho
Quero, em cantigas, te falar de amores.

Teu corpo lembra um copo de licores
Porém, agora, um copo de silêncio.
Quero, em cantigas te falar de amores,
Que meu amor, jamais o tempo vence-o.

Porém, agora, um copo de silêncio
Lembra teu corpo abandonado ao leito;
Que meu amor, jamais o tempo vence-o
Pois meu amor, querida, ele é perfeito.

Lembra teu corpo abandonado ao leito
Pétalas rubras de um amor encanto,
Pois meu amor, querida, ele é perfeito
Como as rimas perfeitas deste canto.

Pétalas rubras de um amor encanto
Parecem os meus versos de balada.
Como as rimas perfeitas deste canto
Vejo teu corpo nesta madrugada.

16.09.1999


Esio Antonio Pezzato

Gostou? clica abaixo em COMENTÁRIOS e deixe seu recado!

0 COMENTE AQUI:

Minha Ana Maria e Sissi

Apresentação Poema "O Evangelho Segundo Judas Ish-Kiriot" Loja Maçônica Acácia Barbarense

ARQUIVO

PESQUISAR ESTE BLOG

..